capa_cinema

Balanço da apresentação de Força Lusitana

Já passou uma semana da apresentação do documentário Força Lusitana: A História de Fábio Silva. Foi uma noite muito especial e com tanto para digerir, que me levou uma semana a sentar para escrever um artigo que fizesse o balanço dessa noite e desse a conhecer um pouco do que virá depois.

No dia 6 de Janeiro a sala do espaço O Cinema – Eventos não encheu, mas meteu à volta de 150 pessoas. Este número estava dentro daquilo que tínhamos estipulado como objetivo e foi o primeiro passo para uma noite de sucesso.

A sala, além das magníficas condições que apresenta, é uma sala especial para mim. Foi ali que vi os meus primeiros filmes no cinema, no início da década de 90, quando o Porto era muito longe de Oliveira de Azeméis e quando os centros comerciais não apareceriam em todo o lado como cogumelos. Foi ali que ganhei gosto pelo cinema, sem pipocas, e vi filmes que me marcaram como Jurassic Park, The Thin Red Line, Adeus Pai, Fight Club ou Eternal Shinning of the Spotless Mind.

Foi muito bom poder conta com família e amigos na plateia e, acima de tudo, disfrutar do momento que foi poder ver um filme feito por mim naquele ecrã e numa sala com aquele conforto.

Ao intervalo foi possível sentir o pulso à sala. Com a primeira metade do filme decorrido o público esta envolvido e interessado no desenrolar da história o que me deixou muito contente. Não é fácil manter o público envolvido e investido num filme de duas horas, muito menos um documentário, mas penso que o toque de humor que fui tentando meter nas cenas aqui e ali ajudou na leveza do produto final.

Findo o filme, a plateia aplaudiu. Eu e o Fábio respondemos a algumas questões da imprensa e abordamos o futuro do documentário e a eventual distribuição e depois foi tempo de recolher feedback: no geral foi muito bom. Há sempre coisas que poderiam ser feitas de forma diferente, claro, mas olhando a tudo o que ouvi no final estou muito contente. As próprias críticas da imprensa foram sobejamente favoráveis.

Quero voltar a agradecer a todos os que estiveram presentes e deixar a garantia de que, em breve, haverá novidades sobre o próximo passo.

Quero agradecer em particular ao Nuno Araújo, ao São João Health Club e muito particularmete à Gigante Gym Wear.

Marcações: documentário, força lusitana

Comentários

Construído com HTML5, CSS3 e todas essas cenas - Copyright © 2018 Sérgio Martins

Download Freewww.bigtheme.net/joomla Joomla Templates Responsive