Nova localização

Diário de Bordo - VI

Como já fui transmitindo nas minhas redes sociais, mudei o meu escritório de São João da Madeira para Nogueira do Cravo. Se alguém quiser saber porquê e o que vem a seguir, este é o post a ler.

A decisão já tinha sido tomada em final de Novembro e deveu-se apenas ao facto de uma parte dos colegas que partilhavam escritório comigo terem decidido sair por razões pessoais. Isso fez com que o projecto conjunto que iamos tendo em São João da Madeira deixasse de fazer sentido e decidimos todos sair e deixar aquele espetacular espaço mesmo no centro da Cidade do Trabalho.

Para muitos freelancers, o mais comum é trabalhar a partir de casa e quem é freelancer sabe que a discussão quanto aos prós e contras dessa posição é subjectiva e interminável. Eu estou no campo dos que acreditam que trabalhar a partir de casa pode ser um erro. Passo a explicar as minhas razões, com o objectivo de vos ajudar na decisão:

  1. A minha casa é o local onde estou com a minha família; o meu espaço de lazer por excelência. Para mim trabalho e lazer são coisas distintas e devem ser separadas.
  2. Na minha área, as reuniões são frequentes. Apesar de muita coisa poder ser feita à distância, a verdade é que uma reunião "cara a cara" é quase sempre preferível. Por várias razões, não acredito que receber clientes em casa seja boa ideia.
  3. Ter um ambiente/espaço pensado e criado para trabalho (como é o caso do escritório), no meu caso, estimula a concentração. Em minha casa tenho uma TV, tenhos os meus cães, tenho os meus livros, tenho os meus jogos... As distracções estão mesmo ali! Por muito disciplinado que seja, uma ou outra vez lá se cede...
  4. Dá uma imagem muito mais profissional.

Por essa razão, decidi continuar à procura de um espaço ainda que mais pequeno. Encontrei-o em Nogueira do Cravo, no mesmo edifício onde outrora tive o meu primeiro escritório. Vou partilhar o escritório nos próximos tempos (que espero sejam longos) com o Bruno Tavares que também estará comigo no Jindungo!

A sede deste que aqui escreve e também do Jindungo.pt passa então a ser na Rua Capitão Correia Martins, nº67, 1º Andar, Nogueira do Cravo - Oliveira de Azeméis!

mapa

O Jindungo em 2017 vai ser diferente. Receitas ocasionais vão continuar a existir, mas estou com ideias para fazer reviews de molhos e pratos picantes. Já contactei algumas marcas até e as "conversações" estão a andar. Vai haver também mais actividade ao nível do YouTube e o Unlucky vai voltar em força no início da Primavera.

Uma foto publicada por Jindungo.pt (@jindungopt) a

Em termos de formação, o regresso à Academia de Design e Calçado está prevista para Fevereiro com mais uma edição do CET de Multimédia. Desta vez fiquei com as disciplinas de vídeo em deterimento das de desenvolvimento Web o que para mim é super positivo, pois vou poder dar formação sobre a minha àrea de coração e abordar o que tenho transmitindo no YouTube!

 

Marcações: trabalho, formação, jindungo

Comentários

Construído com HTML5, CSS3 e todas essas cenas - Copyright © 2018 Sérgio Martins

Download Freewww.bigtheme.net/joomla Joomla Templates Responsive