The Terror

The Terror

Chegou “The Terror”, uma série produzida pelo conceituado Ridley Scott que nos trouxe coisas como Alien.

Esta série é uma das apostas da AMC para este ano. Baseada no romance histórico do escritor de ficção científica Dan Simmons, que teve como inspiração a arrepiante história da mal sucedida expedição de John Franklin.

Conta com rostos do grande público como é o caso de Jared Harris (“Mad Men”), Ciaran Hinds (“Game of Thrones”) e Tobias Menzies (“Outlander”) nos principais papéis.

Desde que comecei a escrever para o CineAddiction em Setembro de 2017 que tenho tido a oportunidade de escrever regularmente sobre algumas das coisas que vejo em cinema e televisão. The Terror será uma delas. Depois do último episódio da série passar na América, algures a 21 de Maio, sairá no CineAddiction um artigo da minha autoria para analisar os 10 episódios da série.

the terror francis harris john hinds 1200x520

Em Portugal, a série passa no canal AMC às terças-feiras pelas 22:10. Na plataforma Amazon Prime Video já estão todos os episódios disponíveis.

The Terror chamou-me a atenção inicialmente pelas vinhetas publicitárias do canal AMC e, posteriormente, pela publicidade que o Rui Unas (de quem sou fã assumido) tem feito à série nomeadamente através da sua conta no Instagram. Mais tarde, surgiu a possibilidade de analisar a série para o CineAddiction e eu decidi não a deixar cair.

the terror set design bts

Depois de ver o primeiro episódio, posso dizer que não me arrependo da decisão de ter embarcado nesta aventura.

O primeiro episódio, Go For Broke, tem a sua primeira cena 4 anos depois do sucedido durante os restantes 10 episódios, quando estão a decorrer buscas pela tripulação desaparecida. Ficamos assim, a saber logo à partida, o destino da história que ainda nem começamos a ver. E isso é mau? Nope! Porque Ridley Scott e a sua equipa sabem o que fazem.

A ação passa-se em 1845, quando a Marinha Real Britânica envia o HMS Erebus e o HMS Terror para que estes descubram rotas da Passagem Noroeste (ver Wikipédia porque isto não é uma aula de História e Geografia J). As embarcações e os seus tripulantes enfrentam temperaturas a que não estão habituados e, para além disso, uma doença misteriosa, bem como um manto de gelo no Ártico. Neste primeiro episódio vemos os primeiros sinais de turbulência na viagem. A morte súbita e misteriosa de um dos marinheiros e um acidente no convés de um dos navios começa a lançar questões entre os líderes da expedição e até disparidades de opiniões quanto ao que fazer a seguir: jogar pelo seguro ou arriscar?

Cinematograficamente, The Terror é o que se esperaria de algo com o nome de Ridely Scott. O ambiente é tenso, os cenários são sombrios e creepy o quanto baste. Há sempre uma aura assustadora a rondar todas as cenas, principalmente as mais claustrofóbicas, e percebemos que a qualquer momento podemos saltar do sofá.

Uma série para acompanhar com atenção. É cedo para perceber a dimensão do fenómeno mas, para já, promete.

Marcações: the terror, séries

Comentários

Construído com HTML5, CSS3 e todas essas cenas - Copyright © 2018 Sérgio Martins

Download Freewww.bigtheme.net/joomla Joomla Templates Responsive