Ricardo Silva E Ricardo Silva No Regresso De [Sobre]Viver Por Conta Própria

Há uma dueto homónimo no regresso do meu podcast [Sobre]Viver por Conta Própria: Ricardo Silva Videógrafo e Ricardo Silva Fotógrafo. Ambos centram parte da sua atividade nos casamentos, uma área profundamente afetada por estes confinamentos consequentes de uma pandemia que ainda nos afeta. Acontece que é também uma área com grande concorrência e um mercado cuja variedade e qualidade da oferta tem, a meu ver, subido nos últimos anos.

Este mercado da fotografia e vídeo de casamento em concreto é muito propensa ao profissional freelancer e eles estão aí por todo o lado, para todas as carteiras e para todos os estilos. Esta conversa é uma janela para a área, em contexto pandémico ou não.

Ricardo Silva, o fotógrafo, eu já conhecia. Foi meu aluno e eu agora sou cliente dele. Teve um crescimento profissional interessante, consolidado e progressivo. Com sede de crescer, mas sem queimar etapas.

O outro Ricardo Silva, o videógrafo, confesso que desconhecia. Apenas tinha visto o seu trabalho online, mas tem também um surgimento neste mercado muito interessante e a curiosidade de ter sido membro da banda Holocausto Canibal… Uma banda que provavelmente não ouviram tocar em muitos casamentos. Embora talvez não seja pior do que muita coisa que costuma tocar nesses eventos.

Partilhamos nesta conversa de mais de 90 minutos várias histórias de trabalho, de pandemia e momentos insólitos durante as cerimónias que vão do cómico ao absolutamente trágico.

Ainda que o vídeo seja a minha área de eleição, fujo do casamento a sete pés… Portanto, do casamento enquanto evento a filmar e não do casamento propriamente dito (convém deixar esta ressalva para o caso da minha esposa ler isto). Esse é, aliás, um dos temas em discussão.

A não perder.

Comentários Facebook